Home / Pr. José do Amparo Fonseca

Pr. José do Amparo Fonseca

presidenteJosé do Amparo Fonseca, nasceu em 24/12/1953, em Engenheiro Navarro – MG, filho de Olegário Duarte Fonseca e Maria José Dias, casado com Dona Soeli Pestana Fonseca, pai de quatro filhos, graduado em Teologia (pela Escola de Ensino Teologico das Assembleias de Deus – EETAD,  Instituto Betel de Ensino Superior,  Escola de Ensino Teológico A Voz da Profecia, Curso de Aperfeiçoamento de Professores da Ecola Biblica Dominical – caped) e em Direito pela Universidade Cruzeiro do Sul. Atuou como conciliador do JEC – juizado especial cível – foro São Miguel Paulista.

Aos 14 anos mudou-se para Belo Horizonte em busca de emprego e estudo, nesta cidade morou com os tios. Anos mais tarde partiu para São Paulo, em busca de uma profissionalização, morou com uma tia e neste período trabalhou em diversas funções até se especializar em metalurgia.

Em 1974 Deus o conduziu ao estado do Paraná a trabalho, onde ficou por aproximadamente dois anos. Neste período conheceu a Srta. Soeli Pestana, com quem casou-se em 1975 e desta união teve sua vida enriquecida com o advento de quatro filhos, a saber:  Joana D’arc Fonseca, José Marcos Fonseca, Abraão Linconl Fonseca e Elias Emanuel Fonseca.

Converteu-se ao evangelho de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo no dia 08 de Junho de 1979, descendo as águas batismais em 31 de Dezembro do mesmo ano.

Teve sua chamada para o Ministério, seis meses depois, como auxiliar-interno. Em menos de seis foi consagrado ao diaconato e ao presbitério, o que não era comum acontecer, na época, na Assembléia de Deus.

Em dezembro de 1984 teve a sua segunda chamada, desta feita para a obra missionária, servindo a Deus no estado de Santa Catarina pelo período de treze anos, onde fundou diversas igrejas e construiu vários templos. No estado citado exerceu a digna função de fundador e Presidente da Convenção Regional dos Ministros Evangélicos das Assembléias de Deus, ministério de Madureira em Santa Catarina (CRADMESC).

Ao retornar para São Paulo pastoreou a congregação de Camargo Novo por seis anos e em Janeiro de 2003 assumiu a direção da Regional de Itaquaquecetuba, onde desenvolveu vários trabalhos de âmbito social, espiritual e cultural; trazendo ao cidadão itaquaquecetubense crescimento em sua vida espiritual e ética.

Não é possível deixar comentários aqui!

Scroll To Top